cultura maker

como a Cultura Maker pode e está ajudando na expansão da IoT ??

A gente sempre fala aqui sobre Cultura Maker né: os motivos do boom da cultura maker, como começar um espaço maker e o que é, na humilde opinião dessa que vos fala, ser um maker.

Mas hoje é dia de falar de um outro campo, algo que está cada vez mais presente nas nossas vidas que de certa forma traz no seu DNA muito da Cultura Maker e se beneficia de práticas existentes em espaços Makers. Esse campo que está em expansão e que engloba profissionais de várias áreas é a Internet of Things, ou para a grande maioria, somente IoT. Li esse artigo aqui e fiz as minhas considerações sobre esse assunto. Bora lá?!!

shutterstock_547460725-1024x683

IoT é um conceito tecnológico no qual coisas estão conectadas à Internet mas não somente conectadas, essas coisas percebem informações do ambiente e podem se comunicar entre si e/ou com as pessoas.

Mas um projeto IoT não nasce todo bonitão e sim passa por várias etapas de prototipação, com muitos fios e horas de testes. E é durante todo o projeto desde a criação do produto até a prototipação que as práticas presentes na cultura maker podem impulsionar ainda mais esse campo. 

 

Uma das competências que podem ser desenvolvidas em um makerspace é a criatividade. Com a criatividade é possível que os produtos IoT que estão sendo desenvolvidos sejam cada vez mais voltados à resolução de problemas e não somente focados na tecnologia pela tecnologia. 

Além desse papel importante da criatividade que sem sombra de dúvidas diz respeito mais ao usuários finais, as empresas e a própria indústria também podem ganhar. Quanto mais os produtos se focam no usuário e em resolução de problemas, a probabilidade de fracasso se torna cada vez menor.

Um outro ponto importante quanto se pensa nesse casamento (Maker Movement + IoT) é a possibilidade de prototipação cada vez mais facilitada graças aos avanços na área de microcontroladores e/ou microprocessadores (Arduino, ESP8266, Rasperry Pi…). Placas que aproximam o mundo de eletrônica, programação de profissionais das mais diversas áreas e de certa forma escondem toda a complexidade envolvida neste tipo de projeto.

kfs2v4n

E por fim mas não menos importante a colaboração existentes nesses espaços. Projetos colaborativos e que quase sempre são multidisciplinares, possuem a visão de vários profissionais das mais diversas áreas.  Projetos abertos à comunidade podem ser uma ótima maneira de analisarmos a questão de segurança em dispositivos IoT pois com um projeto aberto é possível que pessoas que não estavam trabalhando no projeto, façam engenharia reversa e proponham melhorias no projeto inicial. Em suma a colaboração traz a diversidade e a melhoria contínua aos projetos IoT.

E ai, pronto para colocar a mão na massa e começar seus projetos IoT ?? Procura uma turma e/ou espaço maker e começa logo!!! Me conta ai, alguém mais se aventurando em projetos IoT ?!!

Anúncios

1 thought on “como a Cultura Maker pode e está ajudando na expansão da IoT ??”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s