cultura maker, dicas da tchellita

O projeto Marminino

SAM_1961A dica de hoje é o projeto do professor  Daniel Chagas, o Marminino ou Arduíno Cearense. O Marminino é projeto de Arduíno mínimo, baseado no projeto Nanino. Com componentes mínimos para uma PCB (placa de circuito impresso), a alimentação é feita através de pilhas e para o envio de programas é preciso um adaptador USB-FTDI. Aqui e aqui têm dois artigos bem legais  sobre esse projeto. Entrei em contato com o professor pedindo mais detalhes sobre o projeto e ele me fez um relato sobre como surgiu o projeto, novos projetos e como foi a experiência de usar o Marminino no ensino de programação, dá uma  olhada e veja  que história legal e inspiradora:

“Até o ano passado eu era professor de programação em escolas públicas profissionalizantes no Ceará. Recebíamos muitos alunos que nunca haviam usado um computador, e também alunos com uma base de matemática muito baixa. Então o ensino de lógica de programação (que mesmo na universidade é dado como uma disciplina difícil) era bem penoso para os alunos. Os alunos não se davam bem em digitar comandos em telas de terminal pretas, e receber respostas simples.

Uma estratégia para quebrar essa barreira é o uso de programação aplicada à coisas físicas e a robótica. No mestrado havia adquirido algumas placas Arduino para meu projeto, e acabei levando para a escola para experimentar com os alunos. O resultado foi surpreendente! Mesmo atividades simples, como ligar leds, se tornavam atividades extremamente prazerosas para os alunos, e programar algo como pequenos robôs, automação residencial, dava todo um novo sentido para aprender código. 

 Porém os custos de conseguir placas para todos, mesmo as placas chinesas, é proibitivo. Até porque as licitações precisam de toda a documentação de importação. Com o problema, após mais de um ano de licitação, só conseguimos adquirir 10 placas Arduíno para a escola (que tem 120 alunos de informática).
 
Eu então fui procurar soluções alternativas, em que os próprios alunos pudessem criar suas placas com coisas que se acha no laboratório da escola. Buscando projetos, eu encontrei o projeto Nanino, um Arduíno mínimo caseiro. Eu tive que adaptar todo o circuito para ficar mais fácil para os alunos fazerem e soldarem a placa. Também adaptei o uso com pilhas, pois é o que um aluno de escola pública tem a mão para usar. Com isso nasceu o projeto Marminino, uma placa não comercial que foi feita para ser replicada a vontade por quem quiser. 
 
A escola aceitou muito bem os projetos, principalmente com a sequência de prêmios em feiras culturais e de ciências ganhos com o uso de Arduíno e similares. Claro, nem todos os alunos são despertados com a solução, então a melhor forma de trabalhar com Arduíno foi a criação de grupos de estudo em horários livres dos alunos, onde eles têm acesso às placas e a computadores para programar. Também é muito importante ter livros na biblioteca onde eles possam consultar códigos e projetos, por isso doei alguns livros para servirem de referência. É muito importante que os alunos queiram fazer, queiram pesquisar e busquem suas próprias soluções. Ou seja, que se empoderem da tecnologia. 
 
Estou trabalhando em uma nova versão do Marminino sim, mas não uma simples placa, mas um robô completo, de baixo custo. Novamente a ideia é que seja um projeto livre, que possa ser replicado por qualquer escola. Também estamos querendo que a programação seja feita usando smartphones e tablets de baixo custo. São equipamentos que hoje estão baratos, e que mesmo estudantes de escola pública têm acesso. “
 
 
Fonte: arquivo pessoal do professor Daniel Almeida

Parabéns ao professor Daniel e a todos os alunos que participam dessa oficina de robótica e programação. E que surjam cada vez mais projetos assim onde as crianças realmente se empoderem da tecnologia e passam não somente a consumir mas a produzir tecnologia também. 🙂

Ficou interessado pelo projeto? Gostaria de implantar aulas de robótica e programação na sua escola?  Deixe um comentário ou entre em contato comigo pelas  minhas redes sociais ou email, aqui tem todos os meus contatos.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s