ensino de programacao

Keep Calm and Let’s Programar!!!!

Quando eu comecei estudar programação tudo ainda era meio engessado,  a linguagem que a gente aprendeu foi Pascal mas antes mesmo de irmos para os computadores passamos alguns meses “programando” no papel e na caneta. Sim, acreditem, se quiser, comecei a programar no papel!!!!!!

Isso tudo ai começou no meu ensino médio-técnico, onde teoricamente todos nós tínhamos escolhido nossa foco profissional mas não foi a programação e a computação pra todo mundo. Alguns escolheram outros caminhos antes mesmo de terminar o ensino médio e outros fizeram essa escolha na graduação. Tenho amigos dessa época que são: médicos, dentistas, jornalistas, pedagogos.

E por que falar sobre tudo isso?? A minha teoria é que tudo que a gente aprendeu nesse ensino profissionalizante e técnico nos ajudou nas diversas carreiras que seguimos.

Com a programação e todo o universo que a computcode-orgação nos trouxe  aprendemos a pensar criticamente, organizar nossas ideias de forma lógica e mesmo não nos tornando programadores profissionais em alguns casos aprender a codificar nos tornou os profissionais que somos hoje.

Segundo Mitchel Resnick, diretor do grupo Lifelong Kindergarten, do MIT Media Lab, da mesma maneira que ao aprendermos a escrever quando crianças e desenvolvemos habilidades que nos fazem ver o mundo de outra forma, o ato de aprender a programar deve ser encarado da mesma forma nos dias atuais.

Mitchel defende que nos dias de hoje, não é suficiente apenas usar ou interagir com a tecnologia, você precisa ser fluente nelas.  Mitchel liderou liderou o desenvolvimento de uma linguagem de programação gratuita: o Scratch.

Quando estamos programando, precisamos de criatividade para conseguir resolver algum problema, é necessário que se organize as ideias e que tudo isso seja feito de forma crítica. Programar desenvolve habilidades dentre as quais pode-se citar: raciocínio lógico, a criatividade, trabalho colaborativo, pensamento crítico, a autonomia e a capacidade de resolução de problemas

E vamos ser bem práticos: qual profissão que não necessita dessas habilidades?? Até em casa para resolver problemas diários, a gente não usa criatividade e lógica?

Por isso eu afirmo: programe, programe e programe. Escolha uma ferramenta, dedique um tempo do seu dia, seja qual for a sua idade.  Pra ajudar aqui vão algumas fundações e/ou ferramentas:programâe, code.org, codeacademy.com .

Let’s programar pessoas e bora descobrir o seu super poder!!!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s